...
Все для WEB и WordPress
WEB и WordPress новости, темы, плагины

CONFIANÇA NO CASAMENTO: ONDE ESTÃO AS FRONTEIRAS?

1

Seu casamento pode sobreviver sem confiança? Direita. Se não houver confiança, o casamento sobrevive. Se houver, então o relacionamento se desenvolve e sua união é sempre saudável. A psicologia do relacionamento entre um homem e uma mulher é muito complexa, e ainda mais quando se trata de confiança.

A confiança no casamento é essencial se você quiser que sua união floresça. Relacionamentos simplesmente não podem existir sem ele.

A confiança mútua dos cônjuges é a chave para um casamento feliz e duradouro!

A falta de confiança leva à traição em primeiro lugar. Mas começa com coisas menos ofensivas, mas importantes, que servem de sinal de que é hora de reagir e começar a trabalhar em você e em seus relacionamentos. Cônjuges que não confiam um no outro começam a mentir sobre seus amigos, renda, ficam isolados nas redes sociais e assim por diante. Tais situações insalubres afetam negativamente os estereótipos da família em seus filhos. Sua família não se torna um todo, mas cada um vive por conta própria e a única coisa que o unirá é um teto comum sobre sua cabeça e problemas que o salvarão de tempos em tempos, unindo a família por um curto período de tempo.

Então, por que a confiança no casamento deve ser uma prioridade para criar uma família feliz? Sim, porque senão seu relacionamento estará fadado ao fracasso e ao divórcio mais cedo ou mais tarde.

Você pode imaginar o quão confortável será para você, estar em um estado de total confiança em sua alma gêmea, proporcionando a si mesmo a liberdade de se expressar, a ausência de dúvidas e medos constantes de que você está sendo perseguido por engano e traição?

A confiança é a chave para a felicidade da família!

E também pense em que fortaleza sua família se tornará quando um ambiente doméstico pacífico for perfumado nele. E como seu marido ou esposa, cansado do trabalho, se deleitará com o pensamento de que a noite chegará, e ele ou ela retornará à sua própria pessoa, dissolver-se-á em seus braços e removerá toda a fadiga como se fosse com as mãos. Você entende que a intimidade é, antes de tudo, quando os cônjuges sabem tudo um do outro em um nível profundo? Se houver barreiras à honestidade, com o tempo, as mentiras começam a triunfar e passam de inocentes a destrutivas.

Como construir confiança no casamento?

O mais importante aqui é tempo e paciência. Especialmente se o seu parceiro tem um histórico de relacionamentos malsucedidos, seja paciente e, antes de tudo, seja honesto consigo mesmo em todas as pequenas coisas. Afaste até mesmo a ficção mais inocente. Isso também se aplica ao fato de você ter gasto mais dinheiro do orçamento familiar do que o planejado e de não ter feito algo previamente prometido. Além disso, não se esconda se você se sentir um pouco ofendido de alguma forma. É melhor explicar imediatamente como você se sente para que seu cônjuge possa ajudá-lo a ver a situação de uma perspectiva diferente e entender quais coisas podem ser desagradáveis ​​para você.

É possível que você subconscientemente distorça algumas ações através do prisma de sua percepção da realidade. Às vezes, um dos cônjuges tem que reter informações, supostamente para o bem, para não prejudicar seu parceiro. Essas mentiras inocentes também destroem os fundamentos básicos da confiança e acarretam um sentimento de culpa que corrói seu ser, e com o tempo você começa a mentir cada vez mais. Porque a culpa já se adaptou a você. Em si, o ato de mentir é muito mais destrutivo do que as coisas sobre as quais mentimos. Afinal, de fato, se uma pessoa está enganando, isso significa que ela nega o problema e a vontade de lidar com ele.

O próximo ponto importante na psicologia das relações entre um homem e uma mulher e a criação de confiança é a comunicação. Mesmo que você seja por natureza uma pessoa fechada, terá que aprender a expressar não apenas seus pensamentos em voz alta, mas também seus sentimentos. Às vezes, você pode não gostar de algo, mas não está acostumado a explicar a si mesmo qual momento específico o deixa desconfortável. Em um relacionamento com um ente querido, aprenda a pronunciar, coloque em palavras sua apatia ou agressão. De fato, na ignorância, nossos parentes podem se sentir culpados por não poder entendê-lo e, pior ainda, apresentar sua própria versão pior. A comunicação é a ponte do sucesso na compreensão mútua.

Não somos perfeitos e nunca fomos. E só podemos nos esforçar para nos tornarmos melhores. Trabalhe nos erros todos os dias e siga em frente. E o mais importante é ajudar uns aos outros através da comunicação e talvez desenvolver um plano de ação mútua. Nunca é tarde para começar coisas novas. Mesmo que o casal esteja à beira do colapso e da separação, você pode consertar tudo. O principal é que ambos querem isso. Nesse caso, o primeiro passo difícil será perdoar um ao outro por tudo, entender e aceitar. E então comece a trabalhar nos bugs. Os primeiros ajudantes serão paciência, tempo e um grande desejo de criar uma família feliz.

Lembre-se de que sua tarefa é criar uma família que será um único organismo, onde o sangue circulará por todos os órgãos saudáveis. E a chave para tal organismo é sempre confiança, comunicação e, claro, amor!

Boa sorte e felicidade!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação